Um novo do velho eu

Eu ...
Por ai, um humano qualquer...
Por ai, um humano errante...
Por ai, um humano evolutivo...

Eu...
Não agora, mas antes arrogante...
Não agora,  mas antes perdido...
Não agora, mas antes iludido...

Eu...
Infelizmente, do mundo fui...
Infelizmente, do mundo escravo...
Infelizmente, do mundo cego...

Eu...
Não, não tinha valor...
Não, não tinha sonhos...
Não, não tinha vida...

Eu...
Vejo o tempo mudar...
Vejo o tempo influenciar...
Vejo o tempo acabar...

Eu...
Sinto o aroma da vida...
Sinto o aroma da calmaria...
Sinto o aroma da esperança...

Eu...
Busco transformação, eu quero...
Busco transformação, eu posso...
Busco transformação, eu anseio...

Eu...
De errante à renovado...
De errante à transformado...
De errante à semelhante...

Eu...
Quero ser irmão...
Quero ser filho...
Quero ser tua obra...

Eu...
Dependente de amor...
Dependente de atenção...
Dependente de ti, Deus...

UM NOVO DO VELHO EU!

_Lyu Somah

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O punhal

Aquele porre gostoso de uma sexta-feira tediosa

Não alimente a ira


Curso escrita criativa